O paradigma do Corretor de Imóveis

Antigamente os únicos adjetivos utilizados para catalogar um Corretor de Imóveis era bom ou mau. Um bom corretor teria experiência, formação, honestidade e profissionalismo, basicamente, um percurso reconhecido.

No outro lado da balança estavam os maus, os oportunistas que com um telefone e um caderno manchavam a reputação do setor. Até aqui tudo bem. No entanto, é evidente que o setor imobiliário mudou e continua a mudar a passos largos. Ninguém tem dúvidas, mas o que aconteceu exatamente?

Pois a resposta é muitos simples: com a chegada da internet e das novas tecnologias mudaram 2 aspectos fundamentais:

  1. A forma como se tomam decisões e a mentalidade dos compradores e vendedores, que é diferente desde há 5 anos.
  2. As novas tecnologias permitem comunicar de uma maneira mais eficaz e a baixo custo.

Todo o setor imobiliário ficou de pernas para o ar e revolucionou a compra e venda de imóveis. Esta mudança desestabilizou o sector e acrescentou o agravante da crise financeira mundial, que se converteu numa catástrofe. Agora, em relação à questão “quem são os verdadeiros profissionais do setor imobiliário de hoje em dia?  Existem 4 tipos de agentes imobiliários.

Mantém-se a distinção entre os profissionais sofisticados e os oportunistas. No entanto, acrescentou-se aqueles que mal sabem o que é uma página web e não lhes dão a devida importância e o Bill Gates do imobiliário, que está sempre a par de todas as novidades tecnológicas sendo o primeiro a implementá-las. É evidente que os únicos que poderão sobreviver no futuro serão os profissionais sofisticados que vão tirando partido das novas tecnologias desenvolvidas constantemente para o imobiliário, conseguindo assim comunicar, captar e vender imóveis.

Portanto, um profissional sofisticado que não se tenha formado, renovado e implementado novas tecnologias para vender mais propriedades, dificilmente poderá ser considerado um verdadeiro profissional do setor de hoje em dia, ainda que tenha um percurso de muitos anos e uma experiência acumulada, que por si só não é suficiente. Outro fato que afeta este tipo de agente imobiliário é que toda a experiência e conhecimentos que acumulou durante tantos anos já não são suficientes desde o aparecimento do Google. Com apenas um clique o cliente dispõe de toda a informação necessária para comprar o imóvel. Graças à internet e ao Google, a informação e o conhecimento deixou de ser um bem escasso e passou a ser um bem ilimitado e gratuito.

Atualmente uma pessoa menos experiente, mas que seja capaz de interpretar a mudança e adaptar-se a ela, tem mais possibilidades de ter êxito. É fundamental que todos os Corretores de Imóveis tenham consciência desta realidade, pois o futuro depende dela.

Fonte: inmosfera.com (adaptado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>